Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Notícias

Ao todo, praianos conquistaram 55 medalhas

29/01/2021 23:28 - Atualizado em 29/01/2021 23:28

Na capital paulista, também foram quebrados vários recordes

O Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB) recebeu, de 12 a 14 de julho, a segunda etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de Natação. Em São Paulo (SP), a Equipe Paralímpica de Natação do Praia Clube não deu chances aos adversários e faturou o hexacampeonato. Ao todo, foram conquistadas 55 medalhas, sendo 28 de ouro, 20 de prata e 7 de bronze. Ademais, os atletas praianos quebraram 10 recordes brasileiros.

Segundo o técnico Alexandre Vieira, foi a melhor performance de todos os nadadores em uma competição desde a formação do projeto há dez anos. Para ele, o desempenho merece ser enaltecido pela dedicação singular de cada atleta. “Estamos muito felizes por este triunfo, ainda mais por ser na véspera da convocação oficial para os Jogos Parapan-Americanos Lima 2019, que ocorre nesta terça-feira (16). As expectativas aumentam substancialmente em busca de um excelente resultado. Além disso, os convocados para o Mundial fizeram uma excelente campanha”, festejou o treinador.

Na Terra da Garoa, os destaques da equipe foram os atletas Laila Garcia, Vanilton Filho, Ruan Souza, Emyly Silva e Pamella Andrade. A Laila, por exemplo, conquistou o título de atleta mais eficiente da competição alcançando a maior pontuação individual de todo evento. A atleta quebrou cinco recordes brasileiros (50, 100, 200 e 400m Livre e revezamento 4x100m Livre 34 pontos) e conquistou quatro medalhas de ouro e uma de prata.

Já o nadador Vanilton Filho, faturou seis medalhas, sendo quatro de ouro e duas de prata e um recorde brasileiro na prova do revezamento 4x100m Livre 34 pontos. O atleta Ruan Souza também integrou o revezamento recordista 4x100m Livre 34 pontos e faturou quatro medalhas de ouro e uma de prata.

Quem também quebrou recordes brasileiro foi a atleta Pamella Andrade, nas provas dos 50 e 100m Livre além de 100% de aproveitamento nas provas que competiu conquistando cinco medalhas de ouro. Emyly Silva quebrou o recorde brasileiro no revezamento 4x100m Livre 34 pontos (ao lado dos companheiros Laila Garcia, Vanilton Filho e Ruan Souza) e foi a maior medalhista individual feminina de toda competição, obtendo seis medalhas de ouro.

Os atletas retornam aos treinos nesta terça-feira (16) visando os Jogos Parapan-Americanos Lima 2019, o Mundial de Londres 2019 e o Campeonato Brasileiro, que encerra o calendário de competições 2019, no mês de outubro.