Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Notícias

Gabriel Bandeira conquista resultados expressivos no DF

29/01/2021 23:50 - Atualizado em 29/01/2021 23:50

Bandeira venceu as seis provas que disputou e ainda quebrou quatro recordes nacionais

O novo integrante da Equipe Paralímpica de Natação do Praia Clube, Gabriel Bandeira, fez história na Etapa Regional Centro-Leste do Circuito Loterias Caixa, que ocorreu no último final de semana, em Brasília (DF), proporcionando grandes feitos ao competidor praiano. Bandeira, recém-integrado à equipe, quebrou recordes nacionais logo em sua primeira competição defendendo as cores preta-amarela.

O comandado de Alexandre Vieira, classificado na categoria S14 para deficiência intelectual, venceu as seis provas que disputou no torneio, sendo: 100 e 200m Livre, 100m Costas, 100m Borboleta, 100m Peito e 200m Medley. Dessas, o praiano teve melhor desempenho nos 100m Borboleta com 57.27, índice abaixo do exigido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para os Jogos Paralímpicos Tóquio 2020. A marca rendeu para Bandeira o novo recorde brasileiro e o atleta ainda bateu os 100m Livre (53.26) os 100m Costas (1:03.34) e os 100m Peito (1:10.83).

E os bons frutos não param por aí! Devido à qualidade da performance de Gabriel Bandeira na competição, o nadador trouxe para o Praia Clube o título de Melhor Clube Deficiência Intelectual da competição e, além disso, levou para casa o título individual de Melhor Atleta Masculino por Índice Técnico de Competição (ITC).

Gabriel Bandeira já está escalado para participar da Seletiva Paralímpica Brasileira que acontecerá no Open Caixa Loterias em São Paulo de 25 a 28 de março, no Centro Paralímpico Brasileiro e, ao que tudo indica, são os primeiros passos de uma brilhante trajetória na Natação Paralímpica do Praia Clube.

Trabalho em equipe

Além das grandes marcas alcançadas por Gabriel Bandeira, os outros três atletas praianos que disputaram a competição também foram destaque. Jenifer Rocha, por exemplo, conquistou sete medalhas de ouro e o título de Melhor Atleta Feminino por Eficiência. Já Lucas Fernandes foi o responsável por trazer no peito um ouro, cinco pratas e um bronze. Marcus Lucas, por sua vez, terminou a participação com um quarto lugar nos 100m Livre e o quinto nos 50m Livre. Eles voltaram a Uberlândia totalizando 20 medalhas, sendo 14 de ouro, cinco de prata e uma de bronze, alcançando a terceira colocação geral.

Fotos: Alê Cabral / CPB